Image hosted by Photobucket.com
13.2.08
 

7054.jpg

Ellen Fullman - The Long String Instrument (LP, 1985)

Ellen Fullman has been developing the Long String Instrument for more than twenty years, and it has evolved into an astounding expression of artistic individuality. The instrument is based on the longitudinal mode of vibration, with one hundred long wires strung over approximately ninety feet. The strings are attached to the soundboard, much in the same way a harp is constructed. The string goes through a hole in the soundboard, a loop is made, a pin is set in the loop, then the string is pulled against that and attached to the wall at the other end of the room. Some of the wires pass through resonator boxes at sixty and thirty feet, and the bass wires extend for the full distance. Tuning is accomplished in just intonation with ‘C’ clamps at harmonic intervals. The instrument is played is by stroking the string with rosin-covered hands and walking along its length, creating a compression wave, rather than a transverse wave, which would result from the action of plucking. Fullman has also developed various extended techniques to evoke different textures from the instrument. "The quality of the sound has an endless character, approaching infinity," says New Albion Records - Other Minds

 


<< Home
jazz, música improvisada, electrónica, new music e tudo à volta

e-mail

eduardovchagas@hotmail.com

arquivo

Setembro 2004
Outubro 2004
Novembro 2004
Dezembro 2004
Janeiro 2005
Fevereiro 2005
Março 2005
Abril 2005
Maio 2005
Junho 2005
Julho 2005
Agosto 2005
Setembro 2005
Outubro 2005
Novembro 2005
Dezembro 2005
Janeiro 2006
Fevereiro 2006
Março 2006
Abril 2006
Maio 2006
Junho 2006
Julho 2006
Agosto 2006
Setembro 2006
Outubro 2006
Novembro 2006
Dezembro 2006
Janeiro 2007
Fevereiro 2007
Março 2007
Abril 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007
Janeiro 2008
Fevereiro 2008
Março 2008
Abril 2008
Maio 2008
Junho 2008
Julho 2008
Agosto 2008
Setembro 2008
Outubro 2008
Novembro 2008
Dezembro 2008
Janeiro 2009
Fevereiro 2009
Março 2009
Abril 2009
Maio 2009
Junho 2009
Julho 2009
Agosto 2009
Setembro 2009
Outubro 2009
Novembro 2009
Dezembro 2009
Janeiro 2010
Fevereiro 2010
Junho 2011
Maio 2012
Setembro 2012

previous posts

  • Matana Roberts
  • Aceder às complexas estruturas e intrincado voltei...
  • PROTOCOLLUM Chapter I: The Beak Speaks Chapter II:...
  • Dos seis quartetos de cordas que constituem a obra...
  • Ben Ratliff - The "Mythification" of John Coltrane...
  • GEORGE HASLAM / ABDUL MOIMÊME track #84: Improvisa...
  • A tetralogia magnífica dos Books (Song Book, Blue...
  • Décima edição do belga (K-RAA-K)³ FESTIVAL 2008, u...
  • Alastair Wilson e Richard Pinnell apresentam Audit...
  • 2004 já lá vai, mas há discos que “pedem” para vol...

  • links

  • Improvisos ao Sul
  • Galeria Zé dos Bois
  • Crí­tica de Música
  • Tomajazz
  • PuroJazz
  • Oro Molido
  • Juan Beat
  • Almocreve das Petas
  • Intervenções Sonoras
  • Da Literatura
  • Hit da Breakz
  • Agenda Electrónica
  • Destination: Out
  • Taran's Free Jazz Hour
  • François Carrier, liens
  • Free Jazz Org
  • La Montaña Rusa
  • Descrita
  • Just Outside
  • BendingCorners
  • metropolis
  • Blentwell
  • artesonoro.org
  • Rui Eduardo Paes
  • Clube Mercado
  • Ayler Records
  • o zurret d'artal
  • Creative Sources Recordings
  • ((flur))
  • Esquilo
  • Insubordinations
  • Sonoridades
  • Test Tube
  • audEo info
  • Sobre Sites / Jazz
  • Blogo no Sapo/Artes & Letras
  • Abrupto
  • Blog do Lenhador
  • JazzLogical
  • O Sítio do Jazz
  • Indústrias Culturais
  • Ricardo.pt
  • Crónicas da Terra
  • Improv Podcasts
  • Creative Commons License
    Powered by Blogger