Image hosted by Photobucket.com
9.10.06
 

Para assinalar os 70 anos de Steve Reich (3 de Outubro de 1936), a nonesuch editou uma retrospectiva da obra daquele é um dos mais importantes e influentes compositores do Séc. XX norte-americano, não apenas do minimalismo, de que foi pioneiro, e do qual se foi afastando progressivamente. Reich orientou a sua obra em múltiplas direcções, com predominânicia do uso da tecnologia na produção e gravação sonora, loops, fita magnética, padrões e fases em que dois ou mais instrumentos interpretam frases idênticas, mas em diferentes velocidades. Phases: A Nonesuch Retrospective – o essencial de Steve Reich. Pena que tenham ficado de fora Four Organs (1970) ou Music for a Large Ensemble (1978), por exemplo, mas compreende-se que havia que fazer opções. De qualquer modo, a colecção de obras contida nos cinco discos da caixa é representativa dos 40 anos de carreira de Steve Reich.
Disc One: Music for 18 Musicians (1976) 67:42; Disc Two: Different Trains (1988) 26:51; Tehillim (1981) 30:29; Eight Lines (1979) 17:29; Disc Three: You Are (Variations) (2004) 27:00 New York Counterpoint (1985) 11:19; Cello Counterpoint (2003) 11:36; Electric Counterpoint (1987) 14:43; Triple Quartet (1999) 14:43; Disc Four: Come Out (1966) 12:48; Proverb (1995) 14:04; The Desert Music (1984) 48:04; Disc Five: Music for Mallet Instruments, Voices, and Organ (1973) 16:50; Drumming (1971) 56:43.

 


<< Home
jazz, música improvisada, electrónica, new music e tudo à volta

e-mail

eduardovchagas@hotmail.com

arquivo

Setembro 2004
Outubro 2004
Novembro 2004
Dezembro 2004
Janeiro 2005
Fevereiro 2005
Março 2005
Abril 2005
Maio 2005
Junho 2005
Julho 2005
Agosto 2005
Setembro 2005
Outubro 2005
Novembro 2005
Dezembro 2005
Janeiro 2006
Fevereiro 2006
Março 2006
Abril 2006
Maio 2006
Junho 2006
Julho 2006
Agosto 2006
Setembro 2006
Outubro 2006
Novembro 2006
Dezembro 2006
Janeiro 2007
Fevereiro 2007
Março 2007
Abril 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007
Janeiro 2008
Fevereiro 2008
Março 2008
Abril 2008
Maio 2008
Junho 2008
Julho 2008
Agosto 2008
Setembro 2008
Outubro 2008
Novembro 2008
Dezembro 2008
Janeiro 2009
Fevereiro 2009
Março 2009
Abril 2009
Maio 2009
Junho 2009
Julho 2009
Agosto 2009
Setembro 2009
Outubro 2009
Novembro 2009
Dezembro 2009
Janeiro 2010
Fevereiro 2010
Junho 2011
Maio 2012
Setembro 2012

previous posts

  • Ainda há pouco aqui toquei ao de leve neste assunt...
  • We, the Classical Music Villains..............Ther...
  • Ecos próximos e longínquos da Association for the ...
  • Prosseguindo a série de projectos artísticos ligad...
  • Bruce Lee Gallanter, da Downtown Music Gallery tam...
  • Wet Paint
  • umbrella festival 2006
  • Uhmm… a coisa promete: no Jazz on 3 de hoje e do r...
  • Arias, Ricardo / Müller, Günter / Tammen, Hans In...
  • Carl Grubbs saiu com um disco na CIMP, em Maio pa...

  • links

  • Improvisos ao Sul
  • Galeria Zé dos Bois
  • Crí­tica de Música
  • Tomajazz
  • PuroJazz
  • Oro Molido
  • Juan Beat
  • Almocreve das Petas
  • Intervenções Sonoras
  • Da Literatura
  • Hit da Breakz
  • Agenda Electrónica
  • Destination: Out
  • Taran's Free Jazz Hour
  • François Carrier, liens
  • Free Jazz Org
  • La Montaña Rusa
  • Descrita
  • Just Outside
  • BendingCorners
  • metropolis
  • Blentwell
  • artesonoro.org
  • Rui Eduardo Paes
  • Clube Mercado
  • Ayler Records
  • o zurret d'artal
  • Creative Sources Recordings
  • ((flur))
  • Esquilo
  • Insubordinations
  • Sonoridades
  • Test Tube
  • audEo info
  • Sobre Sites / Jazz
  • Blogo no Sapo/Artes & Letras
  • Abrupto
  • Blog do Lenhador
  • JazzLogical
  • O Sítio do Jazz
  • Indústrias Culturais
  • Ricardo.pt
  • Crónicas da Terra
  • Improv Podcasts
  • Creative Commons License
    Powered by Blogger