Image hosted by Photobucket.com
17.7.09
 

Photobucket

The Abstract Truth (European Echoes 003) segue-se a Teatro (European Echoes 001), título do primeiro disco deste mesmo trio formado por Rodrigo Amado, Kent Kessler e Paal Nilssen-Love. Volvidos mais de dois anos sobre a gravação inaugural, ei-los de novo, agora em estúdio, numa aberta proporcionada em 2008 pela participação do trio no Festival Música Portuguesa, Hoje, do Centro Cultural de Belém (CCB). Amado, Kessler e Nilssen-Love apostam numa estratégia comum a ambas a sessões: a improvisação livre, servida por uma linguagem essencialmente tributária do free jazz, que se foi maturando e se exterioriza com sentido de forma e recorte melódico. Sabe-se de antemão que este tipo de contexto free totalmente aberto, em que predomina o pulso forte, tenso e rápido, exige capacidade de decidir no próprio instante e requer uma resposta compatível em pulmão, velocidade de articulação e atitude de ir à luta com uma boa dose de bravura e sustentabilidade. Não é pêra doce entrar neste tipo de preparação talhada para a grande combustão, na qual as marcas a assinalar são o gosto pelo risco e o prazer da composição instantânea. Nos saxofones tenor e barítono, Rodrigo Amado revela-se o homem certo para o empreendimento e não é de mais exaltar a qualidade do som de saxofone tenor e barítono, a par da autenticidade, qualidades necessárias para meter a ombros uma tarefa tão arriscada quanto esta o é. Rodrigo pensa, articula e age com rapidez, à vontade no ombro a ombro com o tornado que é a secção rítmica do norte-americano Kessler (contrabaixo) e do norueguês Nilssen-Love (bateria), músicos de excepção. O trio forma uma unidade coesa e compacta, perfeitamente oleada, em que são evidentes o espírito de entrega e a capacidade de exprimir emoções nos graus mais diversos. O triângulo funciona tão bem quanto é eficaz na instigação recíproca e na entrada sem hesitações no calor do cogumelo. A música ganha em fluidez, elevação catártica e capacidade explosiva, mesmo nos momentos de maior contracção e intimidade, nos quais se estabelecem interessantes relações de ciclo e contra-ciclo com o tumulto dinâmico, às quais a qualidade sonora da gravação confere maior nitidez e profundidade. Como não há dois sem três, o terceiro disco do trio, sequela de The Abstract Truth, deve já estar pensado ou a caminho. O que se saúda por antecipação.

 


<< Home
jazz, música improvisada, electrónica, new music e tudo à volta

e-mail

eduardovchagas@hotmail.com

arquivo

Setembro 2004
Outubro 2004
Novembro 2004
Dezembro 2004
Janeiro 2005
Fevereiro 2005
Março 2005
Abril 2005
Maio 2005
Junho 2005
Julho 2005
Agosto 2005
Setembro 2005
Outubro 2005
Novembro 2005
Dezembro 2005
Janeiro 2006
Fevereiro 2006
Março 2006
Abril 2006
Maio 2006
Junho 2006
Julho 2006
Agosto 2006
Setembro 2006
Outubro 2006
Novembro 2006
Dezembro 2006
Janeiro 2007
Fevereiro 2007
Março 2007
Abril 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007
Janeiro 2008
Fevereiro 2008
Março 2008
Abril 2008
Maio 2008
Junho 2008
Julho 2008
Agosto 2008
Setembro 2008
Outubro 2008
Novembro 2008
Dezembro 2008
Janeiro 2009
Fevereiro 2009
Março 2009
Abril 2009
Maio 2009
Junho 2009
Julho 2009
Agosto 2009
Setembro 2009
Outubro 2009
Novembro 2009
Dezembro 2009
Janeiro 2010
Fevereiro 2010
Junho 2011
Maio 2012
Setembro 2012

previous posts

  • jmdkm - start here «Start Here» is a collection of...
  • A veterania e a provecta idade de Fred Anderson fa...
  • Fotos do Pomigliano Jazz Festival (14ª edição, de...
  • John Fahey. Experimental ETC
  • LSWZ - Lost Soundtracks from 'The Wizard of Oz' ...
  • TRÊS OBRAS ARTÍSTICAS EM CONTEXTO ESPECÍFICO SEGUI...
  • Paris Transatlantic Magazine .... SUMMER 2009 Edit...
  • João Paulo . White Works
  • SALVE REGINA / LES PETITS MOTETS André Campra (166...
  • 'The (very beautiful) Music of the Magnetosphere a...

  • links

  • Improvisos ao Sul
  • Galeria Zé dos Bois
  • Crí­tica de Música
  • Tomajazz
  • PuroJazz
  • Oro Molido
  • Juan Beat
  • Almocreve das Petas
  • Intervenções Sonoras
  • Da Literatura
  • Hit da Breakz
  • Agenda Electrónica
  • Destination: Out
  • Taran's Free Jazz Hour
  • François Carrier, liens
  • Free Jazz Org
  • La Montaña Rusa
  • Descrita
  • Just Outside
  • BendingCorners
  • metropolis
  • Blentwell
  • artesonoro.org
  • Rui Eduardo Paes
  • Clube Mercado
  • Ayler Records
  • o zurret d'artal
  • Creative Sources Recordings
  • ((flur))
  • Esquilo
  • Insubordinations
  • Sonoridades
  • Test Tube
  • audEo info
  • Sobre Sites / Jazz
  • Blogo no Sapo/Artes & Letras
  • Abrupto
  • Blog do Lenhador
  • JazzLogical
  • O Sítio do Jazz
  • Indústrias Culturais
  • Ricardo.pt
  • Crónicas da Terra
  • Improv Podcasts
  • Creative Commons License
    Powered by Blogger