Image hosted by Photobucket.com
18.10.08
 
O californiano Ben Stapp deambulou um pouco pela Europa até que aportou a Lisboa, onde permaneceu durante alguns anos. Aqui estudou, ensinou e tocou com músicos locais. Actualmente a residir em Nova Iorque, Stapp acaba de editar o seu primeiro disco como líder. Ecstasis, publicado na Uqbar Music, expõe composições originais do tubista, que, como o próprio conta nas notas, “passaram por inúmeras fases durante a estadia em Portugal”. São nove as composições de Ecstasis, estruturas abertas, de extrema flexibilidade, por onde passam correntes de ar capazes de veicular tanto a expressividade robusta de Tony Malaby, em saxofones tenor e soprano, como o som encorpado e elegante das linhas melódicas, rítmicas e harmónicas da tuba, que aqui desempenha com eficácia o papel de densificador do fluxo criativo; e a percussão sinuosa do japonês Satoshi Takeishi, que aprofunda os procedimentos e alarga o campo de audição. É difícil escolher uma ou duas faixas de Ecstasis, sinal de que o disco vale sobretudo pelo conjunto multifacetado, revelador da escrita sólida de Stapp compositor e da capacidade de improvisação colectiva de um trio nascido ao cabo de um par de ensaios. E assim se fica de ouvidos presos à música de Ben Stapp, uma voz que reconheço como uma das mais promissoras da moderna música improvisada que tem no jazz a sua referência primordial, e à qual o músico associa um distintivo e refrescante tempero afro-mediterrânico. Ecstasis. Pessoalmente, agrada-me bastante o resultado.
Dá-lhe, Benjamin!

Photobucket

Ben Stapp

 


<< Home
jazz, música improvisada, electrónica, new music e tudo à volta

e-mail

eduardovchagas@hotmail.com

arquivo

Setembro 2004
Outubro 2004
Novembro 2004
Dezembro 2004
Janeiro 2005
Fevereiro 2005
Março 2005
Abril 2005
Maio 2005
Junho 2005
Julho 2005
Agosto 2005
Setembro 2005
Outubro 2005
Novembro 2005
Dezembro 2005
Janeiro 2006
Fevereiro 2006
Março 2006
Abril 2006
Maio 2006
Junho 2006
Julho 2006
Agosto 2006
Setembro 2006
Outubro 2006
Novembro 2006
Dezembro 2006
Janeiro 2007
Fevereiro 2007
Março 2007
Abril 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007
Janeiro 2008
Fevereiro 2008
Março 2008
Abril 2008
Maio 2008
Junho 2008
Julho 2008
Agosto 2008
Setembro 2008
Outubro 2008
Novembro 2008
Dezembro 2008
Janeiro 2009
Fevereiro 2009
Março 2009
Abril 2009
Maio 2009
Junho 2009
Julho 2009
Agosto 2009
Setembro 2009
Outubro 2009
Novembro 2009
Dezembro 2009
Janeiro 2010
Fevereiro 2010
Junho 2011
Maio 2012
Setembro 2012

previous posts

  • Alípio C Neto Trio Alípio C Neto_saxofones Masa Ka...
  • Gustavo Becerra-Schmidt: Obra Electroacústica [pn0...
  • Creative Sources Fest #2 Lisboa, 19 e 20 de Novemb...
  • A Life In Abstract Colours - Ian D Hawgood [Restin...
  • IN-SONORA )))IV Muestra de Arte Sonoro e Alternati...
  • Para comemorar uma década de actividade do Trio X ...
  • «The Rest Is Noise: Listening to the Twentieth Cen...
  • A Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV) p...
  • Rafael Toral news: Já está disponível a edição em ...
  • «O programa REVERBERAÇÕES nº 6 pela dAdA RAdiO e p...

  • links

  • Improvisos ao Sul
  • Galeria Zé dos Bois
  • Crí­tica de Música
  • Tomajazz
  • PuroJazz
  • Oro Molido
  • Juan Beat
  • Almocreve das Petas
  • Intervenções Sonoras
  • Da Literatura
  • Hit da Breakz
  • Agenda Electrónica
  • Destination: Out
  • Taran's Free Jazz Hour
  • François Carrier, liens
  • Free Jazz Org
  • La Montaña Rusa
  • Descrita
  • Just Outside
  • BendingCorners
  • metropolis
  • Blentwell
  • artesonoro.org
  • Rui Eduardo Paes
  • Clube Mercado
  • Ayler Records
  • o zurret d'artal
  • Creative Sources Recordings
  • ((flur))
  • Esquilo
  • Insubordinations
  • Sonoridades
  • Test Tube
  • audEo info
  • Sobre Sites / Jazz
  • Blogo no Sapo/Artes & Letras
  • Abrupto
  • Blog do Lenhador
  • JazzLogical
  • O Sítio do Jazz
  • Indústrias Culturais
  • Ricardo.pt
  • Crónicas da Terra
  • Improv Podcasts
  • Creative Commons License
    Powered by Blogger