Image hosted by Photobucket.com
10.7.08
 

Photobucket

Lindíssimo, este Night Dreamer, primeiro disco de Wayne Shorter para a Blue Note, em 1964. Lírico, cheio de soul, a roçar ao de leve o experimentalismo. John Coltrane já aquecia os motores apontando noutras direcções, a marcar o ponto de largada do modalismo. Aqui prima o lirismo shorteriano de belas e melodiosas composições, como contraponto ao expressionismo espiritual que Coltrane lançava. A secção rítmica dele está cá em peso: McCoy Tyner (piano), Reggie Workman (contrabaixo) e Elvin Jones (bateria). A sessão é excelente, ainda por cima com a adição do brilhante Lee Morgan (trompete), que Shorter coloca ao seu próprio nível em termos de protagonismo. Funciona como uma espécie de Jazz Messengers de Art Blakey, em expansão, por assim dizer, de som refinado e com uma química muito forte entre os membros do quinteto. Ainda que não atinja a maturidade de Speak no Evil ou Juju, Night Dreamer, é notável como primeiro disco para a Blue Note, momento em que Shorter tinha os olhos e os ouvidos de toda a gente em cima dele. A remasterização de Rudy van Gelder não acrescenta diferença que se ouça relativamente à edição anterior, aspecto de menor importância. O que conta é que o disco está de novo em circulação e a preço muito convidativo. Quem não tinha chegado a este clássico antes pode fazê-lo agora com grande proveito. E pode comparar duas versões de Virgo, um aliciante entre vários outros.

 


<< Home
jazz, música improvisada, electrónica, new music e tudo à volta

e-mail

eduardovchagas@hotmail.com

arquivo

Setembro 2004
Outubro 2004
Novembro 2004
Dezembro 2004
Janeiro 2005
Fevereiro 2005
Março 2005
Abril 2005
Maio 2005
Junho 2005
Julho 2005
Agosto 2005
Setembro 2005
Outubro 2005
Novembro 2005
Dezembro 2005
Janeiro 2006
Fevereiro 2006
Março 2006
Abril 2006
Maio 2006
Junho 2006
Julho 2006
Agosto 2006
Setembro 2006
Outubro 2006
Novembro 2006
Dezembro 2006
Janeiro 2007
Fevereiro 2007
Março 2007
Abril 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007
Janeiro 2008
Fevereiro 2008
Março 2008
Abril 2008
Maio 2008
Junho 2008
Julho 2008
Agosto 2008
Setembro 2008
Outubro 2008
Novembro 2008
Dezembro 2008
Janeiro 2009
Fevereiro 2009
Março 2009
Abril 2009
Maio 2009
Junho 2009
Julho 2009
Agosto 2009
Setembro 2009
Outubro 2009
Novembro 2009
Dezembro 2009
Janeiro 2010
Fevereiro 2010
Junho 2011
Maio 2012
Setembro 2012

previous posts

  • Música Portuguesa Hoje, CCB, Lisboa
  • Larry Blumenfeld, no Village Voice: Recapping 2008...
  • http://www.homophoni.com
  • The Mercury Theatre on the Air
  • A ideia, além de meta-musicalmente interessante, ...
  • International Computer Music Conference 2008«The 2...
  • Faz parte da fornada de Junho da britânica Leo Rec...
  • Crónicaster 031 - Carlos Santos: “Orla” «This aud...
  • ImproJazz # 147 - Julho-Agosto/2008
  • Improvised Music From Japan, Vol. 9

  • links

  • Improvisos ao Sul
  • Galeria Zé dos Bois
  • Crí­tica de Música
  • Tomajazz
  • PuroJazz
  • Oro Molido
  • Juan Beat
  • Almocreve das Petas
  • Intervenções Sonoras
  • Da Literatura
  • Hit da Breakz
  • Agenda Electrónica
  • Destination: Out
  • Taran's Free Jazz Hour
  • François Carrier, liens
  • Free Jazz Org
  • La Montaña Rusa
  • Descrita
  • Just Outside
  • BendingCorners
  • metropolis
  • Blentwell
  • artesonoro.org
  • Rui Eduardo Paes
  • Clube Mercado
  • Ayler Records
  • o zurret d'artal
  • Creative Sources Recordings
  • ((flur))
  • Esquilo
  • Insubordinations
  • Sonoridades
  • Test Tube
  • audEo info
  • Sobre Sites / Jazz
  • Blogo no Sapo/Artes & Letras
  • Abrupto
  • Blog do Lenhador
  • JazzLogical
  • O Sítio do Jazz
  • Indústrias Culturais
  • Ricardo.pt
  • Crónicas da Terra
  • Improv Podcasts
  • Creative Commons License
    Powered by Blogger