Image hosted by Photobucket.com
26.10.08
 

Photobucket

Deve haver mais gente a quem isto acontece: de vez em quando tenho que voltar a ouvir Thick as Brick, Jethro Tull. Conheci-o em 1974 e de então para cá ouvi os dois temas de lado inteiro centenas de vezes. O Brick é o melhor disco dessa combinação irrepetível de rock, folk, blues, jazz, música medieval e sei lá que mais, a que se convencionou chamar rock progressivo, numa sucessão de temas, variações, secções, intersecções, interlúdios e transições. Ian Anderson, então com 25 anos, sabia fazer isso muito bem. Tal como fazer crer ao povo ouvinte que teria sido um puto de 8 anos, o tal Gerald Bostock da lenda prodigiosa, a escrever aqueles textos... pois sim. Durante décadas a especulação à volta do disco, letra e música, foi grande e ainda continua. O que importa é que, com Mr. Anderson, de 1971 (Aqualung, outro caso especial) a 1979, cada cavadela foi minhoca certa, sendo que Thick as a Brick dá mesmo p'os peitos a um cavalo (Heavy Horses). E envelheceu bem, o que não aconteceu com grande parte do prog complexo que se fez na altura. Este anda no leitor de mp3. É excelente para passear pelo campo. Quando entra a guitarra acústica no início da segunda parte (lado B do LP) depois de uma brilhante introdução de 4'04, é de ir às lágrimas com tudo o que se segue até ao fim do disco. Jethro Tull em 1972: Ian Anderson (voz, flauta, guitarra, violino, saxofone, trompete); Martin "Lancelot" Barre (guitarra e alaúde), John Evan (órgão, piano e cravo), Jeffrey Hammond-Hammond (baixo eléctrico) e Barriemore Barlow (bateria e percussão).

 


<< Home
jazz, música improvisada, electrónica, new music e tudo à volta

e-mail

eduardovchagas@hotmail.com

arquivo

Setembro 2004
Outubro 2004
Novembro 2004
Dezembro 2004
Janeiro 2005
Fevereiro 2005
Março 2005
Abril 2005
Maio 2005
Junho 2005
Julho 2005
Agosto 2005
Setembro 2005
Outubro 2005
Novembro 2005
Dezembro 2005
Janeiro 2006
Fevereiro 2006
Março 2006
Abril 2006
Maio 2006
Junho 2006
Julho 2006
Agosto 2006
Setembro 2006
Outubro 2006
Novembro 2006
Dezembro 2006
Janeiro 2007
Fevereiro 2007
Março 2007
Abril 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007
Janeiro 2008
Fevereiro 2008
Março 2008
Abril 2008
Maio 2008
Junho 2008
Julho 2008
Agosto 2008
Setembro 2008
Outubro 2008
Novembro 2008
Dezembro 2008
Janeiro 2009
Fevereiro 2009
Março 2009
Abril 2009
Maio 2009
Junho 2009
Julho 2009
Agosto 2009
Setembro 2009
Outubro 2009
Novembro 2009
Dezembro 2009
Janeiro 2010
Fevereiro 2010
Junho 2011
Maio 2012
Setembro 2012

previous posts

  • Novo disco do Trio Sowari (Phil Durrant, Burkhard ...
  • No 80º aniversário de Albert Mangelsdorff (1928-20...
  • Num exclusivo dirigido à mente e ao coração dos pa...
  • Abdelhaï Bennani Trio - There Starts the Future Le...
  • Craque - Material [kahvi collective]
  • “What I Call a Sound”Anthony Braxton’s Synaestheti...
  • Specta Ciera / Devin Underwood - 'Mystic Valley Pa...
  • ebura Carlos Santos + João Silva Sáb, 25 Out - 2...
  • Craque - Gamma [tube 143]
  • Craque - Tekuchesti [const008]

  • links

  • Improvisos ao Sul
  • Galeria Zé dos Bois
  • Crí­tica de Música
  • Tomajazz
  • PuroJazz
  • Oro Molido
  • Juan Beat
  • Almocreve das Petas
  • Intervenções Sonoras
  • Da Literatura
  • Hit da Breakz
  • Agenda Electrónica
  • Destination: Out
  • Taran's Free Jazz Hour
  • François Carrier, liens
  • Free Jazz Org
  • La Montaña Rusa
  • Descrita
  • Just Outside
  • BendingCorners
  • metropolis
  • Blentwell
  • artesonoro.org
  • Rui Eduardo Paes
  • Clube Mercado
  • Ayler Records
  • o zurret d'artal
  • Creative Sources Recordings
  • ((flur))
  • Esquilo
  • Insubordinations
  • Sonoridades
  • Test Tube
  • audEo info
  • Sobre Sites / Jazz
  • Blogo no Sapo/Artes & Letras
  • Abrupto
  • Blog do Lenhador
  • JazzLogical
  • O Sítio do Jazz
  • Indústrias Culturais
  • Ricardo.pt
  • Crónicas da Terra
  • Improv Podcasts
  • Creative Commons License
    Powered by Blogger