Image hosted by Photobucket.com
19.7.08
 

Photobucket

O prolífico pianista norte-americano Mulgrew Miller aportou ao Centro Cultural de Belém para dirigir a Lisbon Jazz Summer School, a decorrer entre 18 e 26 de Julho no CCB, em Lisboa. Como introdução à iniciativa, na noite de sexta-feira, 18 de Julho, o pianista deu no Grande Auditório um concerto de jazz mainstream sofisticado de alto nível técnico e artístico. Miller, músico com um curriculum feito de muito trabalho com gente como Art Blakey, Tony Williams, Duke Ellington, Joe Lovano, Ron Carter, entre muitos mais, além da memória do jazz dos últimos 50 anos, trouxe consigo um sexteto muito rodado, grupo com o qual trabalha há cerca de duas décadas - o Wingspan, episodicamente forçado a quinteto, por doença súbita do trompetista Duane Eubanks. Da formação base do Wingspan – que é também título de um tema que Mulgrew Miller escreveu em homenagem a Charlie Parker – também não veio o saxofonista Steve Wilson, substituído por Antonio Hart, em saxofone alto e soprano, permanecendo Steve Nelson no vibrafone, Ivan Taylor no contrabaixo e Rodney Green na bateria. Em palco, o grupo pratica um jazz maduro, queimado nas formas do bop mais criativo, que vem de Charlie Parker para diante. Das mãos do pianista do Mississípi saíram composições que ou já são standards do jazz ou para lá caminham, como Go East Youg Man, The Sequel, When I Get There, num estilo em que é notória uma mistura complexa de influências, que vão de Oscar Peterson a McCoy Tyner, com passagem por Duke Ellington. A sua sonoridade consegue um interessante equilíbrio entre lirismo, intensidade dramática e acento tónico nos blues, tal como Thelonious Monk os viveu e interpretou. O swing moderno vem dos Jazz Mesengers de Art Blakey, escola que lhe ensinou a sacar do piano toda a gama possível de emoções. O reportório assentou na sua maior parte em The Sequel, disco de 2002 que MM gravou para a editora MaxJazz, com tempo e espaço para todos os músicos brilharem, com competência, verve e imensa criatividade. Destaquem-se as intervenções de António Hart (belo rasgo em Sophisticated Lady), com outro grande solo num tema de Hank Mobley – o homem da noite, logo seguido pelo estonteante Steve Nelson e as suas excursões maravilhosas pelas lâminas do vibrafone. A fechar uma excelente actuação, Mulgrew Miller & Wingspan tocaram Samb D’Blue, tema que é também o derradeiro do CD The Sequell. (Foto: Jimmy Katz)

 


<< Home
jazz, música improvisada, electrónica, new music e tudo à volta

e-mail

eduardovchagas@hotmail.com

arquivo

Setembro 2004
Outubro 2004
Novembro 2004
Dezembro 2004
Janeiro 2005
Fevereiro 2005
Março 2005
Abril 2005
Maio 2005
Junho 2005
Julho 2005
Agosto 2005
Setembro 2005
Outubro 2005
Novembro 2005
Dezembro 2005
Janeiro 2006
Fevereiro 2006
Março 2006
Abril 2006
Maio 2006
Junho 2006
Julho 2006
Agosto 2006
Setembro 2006
Outubro 2006
Novembro 2006
Dezembro 2006
Janeiro 2007
Fevereiro 2007
Março 2007
Abril 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007
Janeiro 2008
Fevereiro 2008
Março 2008
Abril 2008
Maio 2008
Junho 2008
Julho 2008
Agosto 2008
Setembro 2008
Outubro 2008
Novembro 2008
Dezembro 2008
Janeiro 2009
Fevereiro 2009
Março 2009
Abril 2009
Maio 2009
Junho 2009
Julho 2009
Agosto 2009
Setembro 2009
Outubro 2009
Novembro 2009
Dezembro 2009
Janeiro 2010
Fevereiro 2010
Junho 2011
Maio 2012
Setembro 2012

previous posts

  • Highlights of The Vision Festival, 2008Matthew Shi...
  • Dead Letters Spell Out Dead Words - »Live in Mim...
  • Improvised Music From Japan, Vol. 10 (...)
  • Nils Bultmann - Terminally Unique Nils Bultmann /...
  • Crónica 035~2008 - TU M' / Is That You?
  • Novas da surpreendente Larraskito, um mimo de netl...
  • Nova avançada de Vanessa ‘Niwi’ Rossetto, artista ...
  • In Memoriam Andrey Tarkovsky (1932-1986)«In the en...
  • Yolanda Uriz y Ángel Faraldo - Villa Ockenburg «Yu...
  • Autumn Leaves - Sound and Environment in Artistic...

  • links

  • Improvisos ao Sul
  • Galeria Zé dos Bois
  • Crí­tica de Música
  • Tomajazz
  • PuroJazz
  • Oro Molido
  • Juan Beat
  • Almocreve das Petas
  • Intervenções Sonoras
  • Da Literatura
  • Hit da Breakz
  • Agenda Electrónica
  • Destination: Out
  • Taran's Free Jazz Hour
  • François Carrier, liens
  • Free Jazz Org
  • La Montaña Rusa
  • Descrita
  • Just Outside
  • BendingCorners
  • metropolis
  • Blentwell
  • artesonoro.org
  • Rui Eduardo Paes
  • Clube Mercado
  • Ayler Records
  • o zurret d'artal
  • Creative Sources Recordings
  • ((flur))
  • Esquilo
  • Insubordinations
  • Sonoridades
  • Test Tube
  • audEo info
  • Sobre Sites / Jazz
  • Blogo no Sapo/Artes & Letras
  • Abrupto
  • Blog do Lenhador
  • JazzLogical
  • O Sítio do Jazz
  • Indústrias Culturais
  • Ricardo.pt
  • Crónicas da Terra
  • Improv Podcasts
  • Creative Commons License
    Powered by Blogger