Image hosted by Photobucket.com
4.5.08
 
Punck é o pseudónimo do artista italiano Adriano Zanni. Há anos que mantém em actividade a netlabel Ctrl+Alt+Canc, bem como numerosos projectos individuais e em colaboração ligados à arte sonora e ao cruzamento com a improvisação electroacústica experimental. O fascínio maior de Punck é andar pelas ruas e pelos campos do meio em que vive, de microfone em punho a registar sons do quotidiano das cidades, murmúrios da natureza, material sonoro que passa despercebido ao cidadão comum, distraído que anda com as coisas da vida. Há mais de um ano que Punck criou e mantém um interessante diário sonoro onde disponibiliza algumas gravações de campo registadas na sua constante actividade de pesquisa. São estas captações que lhe servem de matéria-prima à confecção de peças acústicas, depois de trabalhadas, refinadas, organizadas e contextualizadas através das ferramentas digitais do seu computador, adquirindo no final uma têmpera e uma conformação de que não se suspeitaria se apenas consideradas no meio em que se produzem “em bruto”. O abrir de uma porta, o estalar duma folha seca debaixo de um pé, o zunir de um insecto e vozes espectrais, são processados, digitalmente manipulados, misturados e agregados de maneira a produzir composições mistas de sons reais e ficcionais, baseadas em drones sussurrantes de sons orgânicos e reverberações digitais. Estamos pois no imenso domínio do ambientalismo criativo, enriquecido por uma colecção de sons subliminares, tributários de um certo espacialismo alien futurista e sonhador, “produto” parcial e remotamente inspirado nas excursões de John Cage e de Sun Ra. Não se encontram vestígios de narrativa nas seis propostas de A Constant Migration (Between Reality and Fiction); apenas fazem sentido enquanto peças musicais que tanto se bastam com o percorrer de caminhos anteriormente sulcados por legiões de outros artistas, como aqui e ali apresentam facetas inovadoras, momentos emocionais que, exprimindo ora vitalidade, ora desolação, acabam de ser descobertos e revelados no seu esplendor desconhecido. Punck encontrou uma forma peculiar e personalizada de disseminar sons de uma nova arqueologia. Masterização e supervisão final do trabalho, de Hue (Matteo Uggeri). Edição da Creative Sources Recordings, 2007, com produção de Ernesto Rodrigues e design gráfico de Carlos Santos.

 


<< Home
jazz, música improvisada, electrónica, new music e tudo à volta

e-mail

eduardovchagas@hotmail.com

arquivo

Setembro 2004
Outubro 2004
Novembro 2004
Dezembro 2004
Janeiro 2005
Fevereiro 2005
Março 2005
Abril 2005
Maio 2005
Junho 2005
Julho 2005
Agosto 2005
Setembro 2005
Outubro 2005
Novembro 2005
Dezembro 2005
Janeiro 2006
Fevereiro 2006
Março 2006
Abril 2006
Maio 2006
Junho 2006
Julho 2006
Agosto 2006
Setembro 2006
Outubro 2006
Novembro 2006
Dezembro 2006
Janeiro 2007
Fevereiro 2007
Março 2007
Abril 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007
Janeiro 2008
Fevereiro 2008
Março 2008
Abril 2008
Maio 2008
Junho 2008
Julho 2008
Agosto 2008
Setembro 2008
Outubro 2008
Novembro 2008
Dezembro 2008
Janeiro 2009
Fevereiro 2009
Março 2009
Abril 2009
Maio 2009
Junho 2009
Julho 2009
Agosto 2009
Setembro 2009
Outubro 2009
Novembro 2009
Dezembro 2009
Janeiro 2010
Fevereiro 2010
Junho 2011
Maio 2012
Setembro 2012

previous posts

  • Jimmy Lyons, saxofonista alto, em três temas de d...
  • Ogredung
  • NTT040 - Tetroid 2012 [Entity].
  • Novidades na Creative Sources Recordings:Mark Tray...
  • Maximo Ricci - 'Touching Extremes' - ouviu e escre...
  • CYRO - Derek Bailey & Cyro Baptista (INCUS, 1982)
  • Four Decades of Music That Redefined Free, título ...
  • De Gunnar Geisse, improvisador alemão que tem sid...
  • http://www.outfest.pt.vu/
  • Depois de duas edições consecutivas na Test Tube, ...

  • links

  • Improvisos ao Sul
  • Galeria Zé dos Bois
  • Crí­tica de Música
  • Tomajazz
  • PuroJazz
  • Oro Molido
  • Juan Beat
  • Almocreve das Petas
  • Intervenções Sonoras
  • Da Literatura
  • Hit da Breakz
  • Agenda Electrónica
  • Destination: Out
  • Taran's Free Jazz Hour
  • François Carrier, liens
  • Free Jazz Org
  • La Montaña Rusa
  • Descrita
  • Just Outside
  • BendingCorners
  • metropolis
  • Blentwell
  • artesonoro.org
  • Rui Eduardo Paes
  • Clube Mercado
  • Ayler Records
  • o zurret d'artal
  • Creative Sources Recordings
  • ((flur))
  • Esquilo
  • Insubordinations
  • Sonoridades
  • Test Tube
  • audEo info
  • Sobre Sites / Jazz
  • Blogo no Sapo/Artes & Letras
  • Abrupto
  • Blog do Lenhador
  • JazzLogical
  • O Sítio do Jazz
  • Indústrias Culturais
  • Ricardo.pt
  • Crónicas da Terra
  • Improv Podcasts
  • Creative Commons License
    Powered by Blogger