Image hosted by Photobucket.com
21.9.07
 

Não me apraz ver o adjectivo génio usado a despropósito, mas quando se trata de Tom Waits (n. 1949), a sensação que se tem é a de que o epíteto lhe cai que nem uma luva. Desde Closing Time, de 1973, a Orphans: Brawlers, Bawlers and Bastards, de 2006, nos cerca de 20 discos que gravou entretanto estão todas as muitas razões que fazem dele um verdadeiro génio criativo e uma figura indispensável para se compreender a música actual, para ela das evidências pop superficiais. Tom Waits possui uma personalidade musical complexa, talhada nos vastos domínios dos blues, jazz, rock, gospel, vaudeville e experimentalismo, sem dispensar um irresistível lado crooner bastardo e de palhaço embebido em bourbon (coffee & cigarrettes...Jim Jarmusch), que compõe e executa uma bizarra mistura de valsas, polcas, baladas, canções de embalar, swing, cabaret, hinos religiosos e ocasional revisão do american song book - histórias da noite que Waits canta ao luar. Assisti uma vez a um concerto de Tom Waits em Paris. Experiência arrepiante e inesquecível, ouvir Waltzing Matilda a dois metros do piano. Como inolvidável deve ser ouvir Scarlett Johansson, que por esta altura deve já ter dado sequência ao plano de emprestar a sua voz rouca à interpretação de clássicos de Mr. Waits … Deve ser de tirar o sono a qualquer vegetariano. Enquanto não se conhece o resultado de Miss Joahnsson sings Waits, fiquemos com INVITATION TO THE BLUES (bootleg), gravação integral (74') de um concerto de Tom Waits em Hamburgo, Alemanha (1977), no auge do período smoky jazz beatnik, um dos mais interessantes, por sinal.

Grapefruit Moon (de Closing Time, a seguir a Diamonds on My Windshield)

Grapefruit moon, one star shining, shining down on me.
Heard that tune, and now I'm pining, honey, can't you see?
'Cause every time I hear that melody, well, something breaks inside,
And the grapefruit moon, one star shining, can't turn back the tide.
Never had no destination, could not get across.
You became my inspiration, oh but what a cost.
'Cause every time I hear that melody, well, something breaks inside,
And the grapefruit moon, one star shining, is more than I can hide.
Now I'm smoking cigarettes and I strive for purity,
And I slip just like the stars into obscurity.
'Cause every time I hear that melody, well, puts me up a tree,
And the grapefruit moon, one star shining, is all that I can see.

Invitation to the Blues: 01. Spare Parts 1 (A Nocturnal Emission); 02. Invitation To The Blues; 03. Depot, Depot; 04. The Piano Has Been Drinking - not me (An evening with Pete King); 05. Pasties & A G-String; 06. Step Right Up; 07. Semi Suite; 08. Fumblin' With The Blues; 09. Midnight Lullaby; 10. Emotional Weather Report; 11. I Can't Wait to Get Off Work (And See My Baby on Montgomery Avenue); 12. New Coat of Paint; 13. Diamonds On My Windshield; 14. Grapefruit Moon; 15. The One That Got Away; 16. Small Change (Got Rained on With His Own '38).


 


<< Home
jazz, música improvisada, electrónica, new music e tudo à volta

e-mail

eduardovchagas@hotmail.com

arquivo

Setembro 2004
Outubro 2004
Novembro 2004
Dezembro 2004
Janeiro 2005
Fevereiro 2005
Março 2005
Abril 2005
Maio 2005
Junho 2005
Julho 2005
Agosto 2005
Setembro 2005
Outubro 2005
Novembro 2005
Dezembro 2005
Janeiro 2006
Fevereiro 2006
Março 2006
Abril 2006
Maio 2006
Junho 2006
Julho 2006
Agosto 2006
Setembro 2006
Outubro 2006
Novembro 2006
Dezembro 2006
Janeiro 2007
Fevereiro 2007
Março 2007
Abril 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007
Janeiro 2008
Fevereiro 2008
Março 2008
Abril 2008
Maio 2008
Junho 2008
Julho 2008
Agosto 2008
Setembro 2008
Outubro 2008
Novembro 2008
Dezembro 2008
Janeiro 2009
Fevereiro 2009
Março 2009
Abril 2009
Maio 2009
Junho 2009
Julho 2009
Agosto 2009
Setembro 2009
Outubro 2009
Novembro 2009
Dezembro 2009
Janeiro 2010
Fevereiro 2010
Junho 2011
Maio 2012
Setembro 2012

previous posts

  • Verão nas despedidas, manhã timidamente ensolarad...
  • bLoG do baruLHO & DADA Radio SonS
  • Shamek Farrah – First Impressions (Strata-East LP,...
  • Terceiro Aniversário do J&A!!! A prenda para os le...
  • Na EMANEM: TRIO OF UNCERTAINTY ‘Unlocked’ (2007) -...
  • Já está marcada a data da próxima edição do TOTAL ...
  • Finalmente, a sessão integral com bónus do ainda p...
  • Sun Ra and his Myth Science Arkestra Cosmic Tones...
  • Mazen Kerbaj
  • Associada ou não às retumbantes comemorações do II...

  • links

  • Improvisos ao Sul
  • Galeria Zé dos Bois
  • Crí­tica de Música
  • Tomajazz
  • PuroJazz
  • Oro Molido
  • Juan Beat
  • Almocreve das Petas
  • Intervenções Sonoras
  • Da Literatura
  • Hit da Breakz
  • Agenda Electrónica
  • Destination: Out
  • Taran's Free Jazz Hour
  • François Carrier, liens
  • Free Jazz Org
  • La Montaña Rusa
  • Descrita
  • Just Outside
  • BendingCorners
  • metropolis
  • Blentwell
  • artesonoro.org
  • Rui Eduardo Paes
  • Clube Mercado
  • Ayler Records
  • o zurret d'artal
  • Creative Sources Recordings
  • ((flur))
  • Esquilo
  • Insubordinations
  • Sonoridades
  • Test Tube
  • audEo info
  • Sobre Sites / Jazz
  • Blogo no Sapo/Artes & Letras
  • Abrupto
  • Blog do Lenhador
  • JazzLogical
  • O Sítio do Jazz
  • Indústrias Culturais
  • Ricardo.pt
  • Crónicas da Terra
  • Improv Podcasts
  • Creative Commons License
    Powered by Blogger